Sobre

O Programa de Pós-Graduação em Física Aplicada, em nível mestrado, foi aprovado em agosto de 2008 pela CAPES, e iniciará suas atividades em março de 2009. O Programa de Pós-graduação em Física Aplicada é composto em sua grande maioria por professores vinculados ao Departamento de Física da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), e um membro do Departamento de Estatística e Informática (DEINFO-UFRPE).  A criação do programa é mais uma iniciativa no contexto da consolidação e expansão do Departamento de Física da UFRPE.

    O Departamento de Física da UFRPE foi criado pela resolução 178/2006 pois até então era uma das áreas do extinto Departamento de Física e Matemática (DFM). Sempre teve como função principal a prestação de serviços, na forma de ministrar aulas de física básica, para os cursos da UFRPE e em particular o curso de Licenciatura Plena em Física no qual assumiu a responsabilidade na formação de profissionais, professores de Física, para o Estado de Pernambuco. As atividades relacionadas à pesquisa eram de iniciativa individual de docentes da área e geralmente realizadas em conjunto com outras instituições onde a participação da UFRPE era incipiente. Com a contratação de novos doutores, um novo perfil começou a se desenhar onde a atividade de pesquisa passou a ser também atividade corrente no Departamento de Física. Citamos a implantação do Laboratório de Fotônica e também o Laboratório de Física Computacional como os grandes propulsores desta nova filosofia do departamento. Hoje, os membros do departamento de Física têm atuação destacada em alguns programas de pós-graduação da Universidade.

    Atualmente o departamento de Física conta, além das atividades acadêmicas, com três grupos de pesquisa cadastrados no CNPq, e com os laboratórios de pesquisa nas áreas de Fotônica e de Física Computacional, projetos submetidos e aprovados pelo CNPq, FACEPE, e possui alunos vinculados ao programa de iniciação científica na PIBIC/CNPq-UFRPE e razoável estrutura física. Citamos ainda que cinco dos dez professores que formam o quadro da Pós-Graduação em Física Aplicada são Bolsistas de Produtividade CNPq.

    O departamento de Física além de desenvolver pesquisas nas áreas do conhecimento citadas, tem contribuído para a formação de uma massa crítica no Estado de Pernambuco, mantendo um curso de Licenciatura Plena em Física, cursos de especialização em convênio com a Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco) e curso de Extensão (Curso Optometria em convênio com o Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco - LAFEPE), além de atender os cursos de Engenharia (Pesca, Florestal e Agronomia) e outros cursos (Química, Computação, Matemática, Zootecnia, e Biologia, etc), trabalhando aproximadamente com 1000 alunos a cada semestre. No nível de pós-graduação, atende ainda aos Cursos de Mestrado em Biometria e de Mestrado em Ensino de Ciências. Ressaltamos ainda que a interação do departamento com outras áreas da ciência na própria universidade, propicia a implantação de um ambiente multi-disciplinar.

    O departamento de Física através dos seus membros efetivos mantém intercâmbio científico com diversas instituições do Brasil e algumas do exterior.