Dupla Ressonância Óptica no Sinal de Fluorescência em Rubídio

Dupla Ressonância Óptica no Sinal de Fluorescência em Rubídio

Discente: 
Carlos Henrique da Silva
Orientador: 
Wictor Carlos Magno
Sandra Sampaio Vianna

Este trabalho apresenta os resultados de um estudo experimental da gerac~ao de uoresc^
encia na regi~ao azul do espectro (421 nm), quando um vapor de rubdio contido em uma
celula aquecida interage com um feixe de laser de diodo contnuo (na transic~ao 5S1=2 ! 5P3=2)
e um feixe de laser de pulsos ultracurtos de Ti:sara (na transic~ao 5P3=2 ! 5D5=2). Os feixes
de laser s~ao focalizados copropagantes no centro da celula optica de rubdio, tendo polariza
c~oes perpendiculares. Efeitos de acumulac~ao coerente s~ao esperados no sistema, uma vez
que os tempos de vida dos estados excitados s~ao muito maiores do que o intervalo temporal
entre os pulsos do laser de Ti:sara. Ambos os lasers operam com comprimentos de ondas
em torno de 780 nm, porem o laser pulsado por ter uma largura de banda elevada consegue
fazer uma transic~ao de dois fotons n~ao ressonante nos comprimentos de onda em 780 nm
e 776 nm. Os atomos excitados podem decair para o estado fundamental (5S1=2) atraves
do estado intermediario 6P3=2, emitindo a uoresc^encia no azul em 421 nm. Estudamos a
resposta desta uoresc^encia quando variamos alguns par^ametros como: a frequ^encia e a intensidade
do laser de diodo, a densidade at^omica da celula, e a in u^encia do bombeio optico
do laser de diodo no sinal.